Remédios de uso contínuo serão distribuídos em maior quantidade para

Tue, 17 Mar 2020 20:28:10 -0300 / 0 Comentários

Remédios de uso contínuo serão distribuídos em maior quantidade para pacientes de Fortaleza

A medida tem o objetivo de diminuir a ida a postos de saúde de pessoas em tratamento de condições como diabetes e hipertensão, e evitar exposição ao novo coronavírus.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), informou na noite desta terça-feira (17) novas medidas para tentar conter o avanço do novo coronavírus. Uma delas diz respeitos à quantidade de medicamentos de uso contínuo entregues aos pacientes já cadastrados com condições como diabetes e hipertensão. O estoque entregue até então, de 30 dias, passará a ser entregue a cada 60 dias.

"Exatamente para evitar que o paciente volte desnecessariamente ao posto para pegar esse medicamento de uso permanente, como hipertensos e diabéticos, principalmente nesse período de tempo", disse o gestor municipal.

A decisão é voltada para os pacientes que tenham mais de 60 anos de idade. Aqueles que já têm mais de 80 anos, entretanto, receberão os medicamentos em casa, por meio de entrega domiciliar, já que têm maior risco de desenvolvimento de sintomas mais graves. A medida passa a valer nesta segunda-feira (23).

As receitas médicas para a obtenção dos remédios, que tinham validade de seis meses, passam a valer 12 meses.

Uma outra medida apontada por Roberto Cláudio foi a suspensão da Ciclofaixa de Lazer, que destina faixas de trânsito em vias da capital exclusivas para a prática de ciclismo durante as manhãs de domingo.

Por G1 CE

17/03/2020 19h38 Atualizado há 48 minutos